Nos Passos do MestreNos Passos do MestreNos Passos do Mestre
Diário de Oração

Mais que Amigos NPMO Diário de Oração é um auxílio pedagógico para todos nós. Ajuda-nos a avaliar a nossa fidelidade e a nossa caminhada de oração, nossos progressos e nossas dificuldades, e principalmente nos auxilia no processo de conhecimento de nós mesmos. De tempos em tempos, podemos reler as páginas já escritas e perceber se os apelos que escutamos do Mestre estão se tornando verdade na nossa vida ou não. Podemos avaliar se a nossa intimidade com Ele e o gosto pela oração cresceram. Podemos, principalmente, perceber os diferentes momentos do processo de formação de Jesus acontecendo na nossa vida e a forma como respondemos a eles.

Para nos ajudar na forma de fazê-lo, transcrevemos abaixo um texto de Dom Cláudio Hummes.

"A Lectio Divina consiste, primeiro, em ler devagar e com atenção o texto sagrado e lê-lo como que em jejum espiritual, ou seja, como se fosse a primeira vez que o lemos. É como se estivéssemos aos pés de Cristo, Mestre, e o ouvíssemos pela primeira vez como discípulos, nos surpreendêssemos de novo com sua pessoa e sua palavra e o ouvíssemos com alegria e admiração.

O segundo momento desta leitura é a meditação. Meditá-la para descobrir seu sentido profundo e sua interpretação segundo a longa Tradição da Igreja e seu Magistério, bem como sua aplicação ao momento histórico atual e à nossa própria vida pessoal.

O terceiro momento será de oração. Trata-se de uma leitura orante, como dissemos. A partir da leitura e da meditação, elevemos num impulso fervoroso nosso coração a Deus. Será uma atitude, em primeiro lugar, de adoração silenciosa. Um momento em que deixamos o Espírito de Deus orar em nós (cf. Rm 8, 26). Pois é ele que abre nosso coração na leitura e na meditação. É nele que o encontro com Jesus Cristo se dará. É ele que nos fará experimentar o amor de Deus nesta leitura orante. Será também uma oração de louvor pela salvação que Deus nos oferece em Cristo, uma oração de perdão pelos nossos pecados e nosso fechamento a Deus e, enfim, uma oração de súplica para que tenhamos o dom de abrir nossa porta a Jesus Cristo, deixá-lo entrar em nossa vida, deixar-nos invadir por ele e permitir que ele nos transforme pela força santificadora de seu Espírito.

O quarto e último momento é a contemplação. Contemplar é sentir-se envolvido pessoalmente no mistério de Deus uno e trino e de alguma forma saboreá-lo misticamente. A contemplação não se traduz em muitas palavras. É sentir-nos diante de Deus e em Deus como seus filhos bem amados. "Trata-se de um momento de grande intimidade, convivência, adoração e louvor".
Dom Cláudio Hummes, "Sempre discípulos de Cristo".

Evangelize
Vídeo
Fotos


Retiro dos Ministros da Eucaristia - Gravataí
Rito Pascal
Login
Usuário
Senha
Facebook
Comunidade Nos Passos do Mestre © 2011 todos os direitos reservados www.nospassosdomestre.com.br - Desenvolvido por Tabor