Nos Passos do MestreNos Passos do MestreNos Passos do Mestre
Formação

Como escolher cantos para a Celebração Eucarística?

Olá irmãos! A Paz do Mestre! Geralmente, nós, músicos do Senhor, somos convidados a tocar nas Missas e junto a esse convite temos uma grande responsabilidade em nossas mãos: ajudar com que a Celebração seja bem vivida, sendo ferramentas úteis nas mãos do Mestre. Por isso gostaria de escrever sobre alguns temas importantes a respeito da música na liturgia. Nesta primeira formação começamos com o tema sobre a escolha dos cantos, sobre os cuidados litúrgicos que devemos ter ao escolhermos os cantos.

Gostaria de destacar um trecho do documento Sacrosanctum Concilium, que em um de seus capítulos fala da arte na liturgia: “A música sacra será, por isso, tanto mais santa quanto mais intimamente unida estiver à ação litúrgica, quer como expressão delicada da oração, quer como fator de comunhão, quer como elemento de maior solenidade nas funções sagradas.” SC 112.

“A música litúrgica será mais santa quanto mais unida à ação litúrgica”. Devemos tomar esta recomendação para a escolha dos cantos, quanto mais litúrgico for o canto melhor exercerá sua função inicial: conduzir o povo à oração. Vale lembar que durante a Celebração Eucarística temos muitos momentos que podem ser cantados, alguns acompanham o Rito que se celebra e outros são o próprio Rito musicado (estes devem respeitar o ordinário da missa). A seguir, descrevo como deve ser o critério para escolher os cantos de cada momento.

Canto de Entrada: Acompanha o Rito da procissão de entrada, deve ser um canto que una o povo, facilite a participação de todos, que tenha a ver com o tempo litúrgico; deve ser um canto com ritmo cadenciado para acompanhar os passos da procissão.

Canto de Ato Penitencial: Cantar o Ato penitencial é opcional. Quando se escolhe cantar, deve-se obedecer o texto do Rito conforme as fórmulas previstas no Missal. Abaixo, divido com vocês um exemplo bem comum que segue o texto previsto. Algumas variações sempre devem ser cuidadas.
Senhor tende piedade de nós. Kyrie eleison
Cristo tende piedade de nós. Christe eleison
Senhor tende piedade de nós. Kyrie eleison

Hino do Glória: o hino do Glória é um antiquíssimo e venerável hino que a Igreja congregada no Espírito Santo, glorifica a súplica a Deus e ao Cordeiro. Não é permitido substituir o texto deste hino por outro (IGMR 53*). Mesmo que muitos o entendam assim, o hino do Glória não é Trinitário! Como é um hino longo e foge um pouco do padrão musical, temos de procurar versões que respeitem o texto original. Podemos citar os exemplos: da Comunidade Recado, da Comunidade Shalom e da Eliane Ribeiro. O texto é o que segue.

Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças, por vossa imensa glória. Senhor Jesus Cristo, Filho UnigIenito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo; só Vós, o Senhor; só Vós, o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo na glória de Deus Pai. Amém.

Salmo Responsorial: Convém que o salmo responsorial seja cantado, pelo menos no que se refere a resposta do povo. O salmista, do ambão, recita os versículos do salmo e toda a assembleia escuta (IGMR 61). O Salmo é sempre uma resposta à Primeira Leitura; por isso não deve ser trocado por qualquer canto.

Aclamação ao Evangelho: O canto precede imediatamente o Evangelho. Canta-se o Aleluia ou outro cântico, indicado pelas rubricas do Missal conforme o tempo litúrgico. Deste modo, a aclamação constitui um Rito pelo qual a assembleia dos fiéis acolhe e saúda o Senhor  que vai falar.

Preparação das Oferendas: o canto de preparação das oferendas é um canto que acompanha o rito que o sacerdote faz sobre as oferendas. Este canto deve conter elementos como oferta de pão, vinho e vida. Pode-se também fazer silêncio neste momento para que a comunidade ouça as palavras do sacerdote que louva ao Pai: “Bendito sejais Senhor Deus do Universo...”.

Canto do Santo: o canto do Santo é o canto mais importante da Celebração Eucarística. Ele é o próprio Rito e possui um texto que não deve ser alterado:
Santo, Santo, Santo é o Senhor, Deus do universo.
Os céus e a terra proclamam Vossa glória
Hosana nas alturas, Hosana nas alturas.
Bendito o que vem, em nome do Senhor.
Hosana nas alturas, Hosana nas alturas.

Doxologia Final: é o próprio Rito que deve ser cantando exclusivamente pelo sacerdote; depois, toda comunidade confirma cantando de forma expressiva o Amém.

Canto do Abraço da Paz: este fica a escolha do sacerdote fazê-lo conforme necessidade; é um canto opcional, não faz parte do ordinário (não é Rito) e por isso pode-se omiti-lo.

Canto do Cordeiro de Deus: neste momento, proclamamos que Jesus é o nosso Cordeiro imolado, cantamos o próprio Rito conforme letra abaixo.
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo Tem piedade de nós
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo Tem piedade de nós
Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo Dá-nos a paz

Canto de Comunhão: o canto de comunhão deve acompanhar a procissão, propiciando ao povo a reflexão do momento; conforme norma do Missal, deve ser um canto que a comunidade entoe junto.

Importante: é salutar renovar o repertório litúrgico; porém, o canto novo não pode ser empurrado “a força” para o povo. Deve-se ter cuidado para que seja introduzido aos poucos, tornando natural o aprendizado. Não devemos colocar cantos novos todos em uma única celebração, todos de uma vez só, pois corremos o risco de parecer estar tocando num show.

*IGMR = Instrução Geral do Missal Romano

Espero ter ajudado a todos, enviem suas sugestões de formação para nós! Fiquem todos na Paz do Mestre Jesus!

Roger Duarte
Comunidade Nos Passos do Mestre
Twitter: @rogernpm
Facebook: rogernpm
E-mail: roger@nospassosdomestre.com.br


Evangelize
    
Login
Usuário
Senha
Facebook
Comunidade Nos Passos do Mestre © 2011 todos os direitos reservados www.nospassosdomestre.com.br - Desenvolvido por Tabor